sexta-feira, 30 de abril de 2010

Prova de vida


Quando vi aquela criança caminhando para mim estava longe de pensar que ela trazia com ela a maior prova de vida que posso desejar, com apenas seis anos parou diante de mim carregando numa das suas lindas mãos uma rosa, olhou bem dentro dos meus olhos e me disse:

"Mãe"

Queria um mundo para te dar

Mas só tenho uma flôr

E um coração pequenito

Carregadinho de Amor

Obrigado Mãe querida

Por Hoje e toda a Vida.

Parei naquele estante e apercebi-me que o Amor estava ali para me provar mais uma vez, que todos os dias valem apena.

Amo-te minha filha.

quarta-feira, 28 de abril de 2010

Palavras

Palavras
Palavras que sois
Palavras que como espadas me espetais
Palavras que lindas
Palavras que más
Palavras que de ti quero ouvir
Palavras que de ti não quero sentir
Palavras que digo mesmo não querendo dizer
Palavras que me fazeis desejar ser muda
Palavras que tanto dizem
Palavras que nada dizem
Palavras que ditas não voltam atrás
Palavras que vão no vento
e Palavras que ficam cá dentro
Palavras, Palavras e Palavras...

domingo, 25 de abril de 2010

Terra


Terra, minha querida terra, hoje decidi dedicar-te um pouco do meu tempo, logo eu que nunca parei para te ver, ver tudo o que te fazemos nós humanos, que com nossa ganância e desejo de ter, ter e ter cada vez mais, ignoramos todo o mal que te fazemos, toda esta dor que te causamos, como para nosso bem estar te poluimos e entóxicamos.

Fazemos tanto lixo, que um dia faltará espaço para sentir-te com os pés, essa sensação de segurança e conforto, sentir os teus verdes prados, a brisa aveludada que nos acaricia está a tornar-se rara, todos os dias mais distante e teus rios limpidos que passeiam entre ti como se fossem veias transportando seu sangue, já não levam água pura mas sim lixo e mais lixo como se transportassem bactérias para dentro de ti.

Nós humanos nem nos apercebemos que estamos a criar dentro de ti o cancro que nos destruirá a todos, apesar de todos os dias nos mostrares o quanto estás triste connosco com tuas revoltas e tristeza.`

És tão bela, quando paramos e olhamos em nossa volta podemos ver toda a tua beleza, tudo o que nos dás, e não sabemos aproveitar apenas destruir, destruir e destruir.

Hoje eu tentarei mudar um pouco meus habitos, sei que faço pouco mas quem sabe, talvez ainda vá a tempo de ajudar a curar-te.

Eu te herdei, linda bela e maravilhosa,

meu desejo é que continues a ser

"a minha Terra"

terça-feira, 20 de abril de 2010

Jogo


Jogo, que tarde,
de espera, ansiedade, decisão,
uma luta até aquele instante em que soou o toque da partida,
um corre para aqui, um corre para ali, agora tu, agora eu,
bola à frente, bola atrás e nós lá aplaudindo a turma, dando-lhe todo o apoio possivel,
e vai decorrendo o tempo, tempo em que nós deixamos de ser um para sermos
EFA_B1
A todos parabéns!
Até ao próximo...

terça-feira, 13 de abril de 2010

Pedipaper


Pedipaper,foi...

...como posso explicar,

todos e cada um daqueles momentos,

a sensação de procura,

a partilha que não pude fazer,

o passar e nem olhares puder trocar,

pois o prazer foi tal,

sentir todos aqueles sorrisos.

Que mais posso dizer?

"Magnifico"



domingo, 11 de abril de 2010

Bela Tarde e Um- Pequenique


Uma tarde deslumbrante, que começou com um simples comentário: "E se fosse um pequenique".

Sem mais lá fui sem destino procurando um ponto para estacionar, quando em minha viagem olho e fico sem pensamentos. Logo parei e a manta peguei, fui caminhamdo para aquele espaço, quando de perto fiquei, facinada com tanta beleza, logo me descalcei e foi mágico sentir aquele verde aveludado nos meus pés, de seguida a manta estendi e ali fiquei a sentir a brisa suave passando em meu rosto, fechei os olhos e meu espanto, musica se fazia em meus ouvidos, o canto dos pássaros os sorrisos das crianças que ali estavam, mas lá longe o som da água que corria suavemente quase a convidar-me para mergulhar nela.

Este foi sem dúvida "O Pequenique".

segunda-feira, 5 de abril de 2010

Momento


2-4-2010 Vivi algo muito belo, momentos de partilha, momento de dar tudo de nós através de um simples sorriso consegui sentir tanta magia no ar que me contagiava intensamente .
Hoje ainda me pergunto como diferentes gerações conseguiram fazer daquele momento algo tão enesquecivel, um sentimento de Paz, Amor e partilha.
Foi sem dúvida o Comboio do Abraço.
Obrigado"Quinta-da-Paz".



quinta-feira, 1 de abril de 2010

A EUROPA MORA AQUI


Dizem que para nos realizarmos devemos fazer três coisas na vida, escrever um livro, ter um filho e plantar uma árvore, certo?

Já apareço em dois livros, tenho duas filhas e já plantei uma árvore, porque não me sinto duplamente realizada, terei de plantar outra árvore? Não!

Não, claro que não, ainda pouco sei, tenho tanto para aprender e para dar, fazer de novo esta viagem pela Europa, pois durante estes meses mostrou-me o quanto é magnifica, mostrou-me o quanto nos debatemos pelas coisas que não importam e que não nos dizem nada, em vez de vivermos aqueles momentos de intensa alegria e partilha, de sorrisos e palavras, de tanta dúvida que fui buscar em algo tão simples que és tu.

Hoje sem dúvida "A Europa mora aqui" na minha vida.

E tu... "a Europa mora contigo?"

Agora...

Agora... ...aquele momento em que estás ali mesmo no centro tentando decidir se continuas ali parada  á espera  de tudo ou talvez de nada.....