terça-feira, 23 de novembro de 2010

O dia

Hoje passei o dia intrigada e sempre com algo em meu pensamento, o dia do meu aniversário, sim deste ano que estamos, foi me perguntado o porquê de dar tão pouca importância a este dia, como posso não dar importância a um dia de aniversário se para mim todos os dia são muito importantes, de máximo valor, não é no dia do nosso aniversário quando nos dão prendas que sabemos quem nos dá carinho, nos aprecia e gosta de nós, mas sim em todos os dia, numa mensagem, num telefonema, numa palavra amiga ou um simples sorriso, ai sim descobrimos o verdadeiro valor do dia, talvez não tenha salientado como devia esse dia, mas para mim todos os dias são de aniversário.

domingo, 14 de novembro de 2010

Tarde...

Que bela tarde...
Tarde de chuva, de vento e de sonho, esta tarde que nos reunimos na nossa arte, arte de sonho em que tirávamos da nossa cabeça uma ideia e logo ponhamos em pratica tão confortavelmente sentindo o calor da lenha que ardia na lareira o cheirinho que flutuava no ar do lanche que nos aguardava e o quentinho daquele chá tão gostoso...
...Ou esta sensação tão boa fosse apenas gerada pelas pessoas maravilhosas que estavam em minha companhia.

domingo, 7 de novembro de 2010

Marmelada?

Marmelada...tão doce tão boa, como te provei, olhei para ti e tu me sorris-te dentro da minha boca cresceu um desejo permanente para te provar, hesitei, tentei resisti mas foi impossível, foi então que peguei na faca e suavemente tirei um pouquíssimo e passei na tosta, fiquei ali um pouco a apreciar a tua cor ,estavas num tom avermelhado mesmo apetecível, mas...mas quando te provei Huuuuuuuuuuuuuuuuummmmmmmm, uma delicia eras tu sem dúvida a melhor marmelada.

quinta-feira, 4 de novembro de 2010

Exprimentar...

Viver é experimentar a vida
nos seus pormenores,
provar do doce e do amargo e
ter no coração a certeza
de que as verdades,
...mesmo dolorosas, nos tornam
mais fortes e nos condicionam
a buscar o que há de melhor em nós."

Lindo texto este, li e reli me diz muito, me diz como a vida é bela e que mesmo as coisas que não gostamos tem um sabor especial, até o que á primeira vista nos parece um buraco escuro, se olharmos bem conseguimos ver uma luzinha lá bem no fundo escondida e ai está a força que nos faz brilhar.
Partilho contigo que estás ai sim tu que gostas de me ler, pois estas palavras são um pouquíssimo de mim.





Agora...

Agora... ...aquele momento em que estás ali mesmo no centro tentando decidir se continuas ali parada  á espera  de tudo ou talvez de nada.....