domingo, 9 de outubro de 2011

Esta é para ti...

Esta é para ti,
para ti que estás desse lado esperando que eu escreva algo especial,
esperando que deste lado saiam palavras poetas,
que te façam nascer um sorriso nos lábios,
pois mas não sou poeta apenas gosto de teclar o
que trago na alma e nem sempre é agradável de escrever ou partilhar contigo,
tu que desejas me ler,
meus pensamentos por vezes são um pouco diferentes daquilo que quero ser,
dai quando me apercebo que o que vou escrever não coincide com a pessoa que penso ser, simplesmente me ausento até a mente voltar á realidade,
como hoje que me deu um desejo de te dizer,
oi,
olá,
tudo bem...

Agora...

Agora... ...aquele momento em que estás ali mesmo no centro tentando decidir se continuas ali parada  á espera  de tudo ou talvez de nada.....