terça-feira, 19 de agosto de 2014

Quase **

Quase que seguimos em frente sem tropeçar, mas falta sempre aquele"quase" que impede de seguir de continuar, o "quase" é uma pedra que temos de saltar, que vamos saltando uma sim uma não, ás vezes tenho a sensação de ficar pendurada nalgum bico  de pedra, sim bicos pois por vezes as pedras não são redondas e macias mas sim carregadinhas de bicos e bem bicudos para nos fazer abrandar, mais um esforço para seguir...

quarta-feira, 9 de julho de 2014

Quase...

Brevemente uma nova etapa,uma mudança...muitas novidades ,está quase!

domingo, 12 de janeiro de 2014

Sentir


"Quando, de longe, diviso
A mancha do casario
Em cascata sobre o rio,
Não sei conter um sorriso
Nem um suspiro bem fundo.

Tantos caminhos no mundo
E todos a ti vão dar,
Nobre cidade do Porto!  
Cheguei vivo - e vinha morto,  
Bem morto por te encontrar!".